Quando começamos a nossa loja on-line, focamo-nos principalmente em colocar o site pronto para vender e, normalmente, durante este período, preocupamo-nos sobretudo com as questões técnicas, de design e conteúdo do nosso site.

Além disso, investimos muito tempo a desenvolver conteúdos por forma a apresentar o nosso negócio e o produto que vamos vender. Assim que finalizamos esta tarefa, deparamo-nos com outro desafio.

Lancei a minha loja on-line. E agora?

Naturalmente, se criamos uma loja on-line, o nosso objectivo é obter vendas, e depois de lançarmos o nosso website, não podemos simplesmente ficar à espera que os clientes apareçam à nossa porta.
É preciso dar a conhecer a nossa loja e arranjar maneira de trazer clientes ao nosso site. De seguida vamos ver algumas dicas que te vão ajudar a:

  • Trazer mais tráfego para o site
  • Aumentar a visibilidade da tua loja
  • Criar uma estratégia de angariação de clientes
  • Conseguir as primeiras vendas

Passatempos e Ofertas nas Redes Sociais

As redes sociais são, hoje em dia, um dos meios comunicação mais rápidos e eficientes. Identifica quais são as redes sociais preferidas da tua audiência e utiliza-as para promove o teu negócio. Podes, por exemplo, fazer um passatempo onde ofereces algum produto à venda no teu site e utilizar esta técnica como argumento para dar a conhecer a tua marca ao maior número de pessoas, trazendo tráfego para o teu site. Se o passatempo for bem construído, podes ter um resultado viral e facilmente atingir um grande número de potenciais clientes.
Exemplo de mecânica de passatempo: Pede aos participantes para deixarem uma frase relacionada com a tua oferta. Depois a frase que tiver mais likes é a frase que ganha o passatempo. Todos os participantes vão fazer partilha da sua frase e do passatempo para poderem ganhar o prémio. Isto servirá de “gatilho” para tornar o passatempo viral.

Cupões de desconto ou oferta

Toda a gente adora um bom negócio. E muita gente procura no Google ou em sites de cupões por oportunidades ou descontos nos produtos que querem comprar. Cria um cupão com um desconto ou uma oferta, como por exemplo “Portes Grátis”, e partilha o teu cupão em sites de cupões e nas tuas redes sociais. Para aumentar o resultado, coloca alguma escassez na oferta, seja através de uma data limite ou do número de ofertas disponíveis. Exemplo: 20% de desconto para os primeiros 5 clientes.

Publicidade

Publicidade

Facebook Ads

Enquanto não crias uma comunidade e uma audiência interessante no Facebook, uma forma de rapidamente dares a conhecer o teu portfolio de produtos são os anúncios do Facebook (Facebook Ads). Estes permitem-te aceder rapidamente a uma audiência muito segmentada de potenciais clientes, com conteúdos multimédia muito interessantes, que variam desde imagens, vídeos, carrosséis de imagem, entre outros. Este tipo de anúncios trazem tráfego de qualidade para o teu site, mas o Facebook permite também a angariação de Leads (contactos de potenciais clientes) de uma forma rápida e económica. Além disso podes também ter os produtos à venda directamente no Facebook. A Shopkit é uma das ferramentas que recomendo para vender no Facebook.

Google Adwords – Pay-per-click (PPC) marketing

Nos primeiros meses após lançares o teu negócio é muito provável que não consigas obter muito tráfego orgânico através das pesquisas no Google. Dependendo da tua estratégia de SEO, demora algum tempo até o teu site aparecer nos resultados das pesquisas. No entanto, o Google disponibiliza uma ferramenta chamada Google Adwords que, com algum investimento, permite que apareças nas primeiras posições das pesquisas mais relevantes para o teu negócio. Esta é uma das formas mais rápidas e mais eficientes de conseguires tráfego de qualidade para o teu site e que tem habitualmente taxas de conversão bem altas.

Comunidades e Fóruns

Comunidades

Existem centenas ou até milhares de comunidades on-line, onde normalmente se falam de temas relacionados com o nosso negócio. Independente do nicho de mercado onde nos inserimos, podemos tirar partido destas comunidades para dar a conhecer o nosso site. Entra em contacto com os administradores destas comunidades e propõe condições especiais na tua loja como descontos ou ofertas exclusivas para os membros daquela comunidade. Outra forma de atrair novos clientes será tornares-te membro participante da comunidade acrescentando valor, interagindo e ajudando os outros membros a resolver os seus problemas. Por exemplo, sugerindo como solução alguns dos produtos à venda no teu site.

Comparadores de preços

Submete os teus produtos a sites de comparação de preços ou de listagem de produtos. Normalmente os visitantes destes site, já decidiram comprar o produto e estão apenas à procura do melhor negócio. Em Portugal, podes usar sites como o Kuantokusta ou Izideal. Se vendes para o mercado externo, podes usar por exemplo o Ciao, Kelkoo e Nextag. No Brasil os mais populares são o Buscapé e o Zoom.

Cria um Blog com conteúdos interessantes e relevantes

Blog

Cria conteúdos que representem a tua marca e que sejam relevantes para a tua audiência. Não só relevantes, mas que acrescentem valor e que ajudem a resolver os problemas e “dores” dos teus clientes. Esta é uma forma de aumentar a confiança e credibilidade da tua marca e, além disso, crias oportunidades para apresentares os teus produtos como solução para os problemas dos clientes. A probabilidade de um cliente comprar a alguém que o ajuda é muito maior. Além destas vantagens, todas as páginas de conteúdos que crias são uma oportunidade para potenciais clientes te encontrarem nas pesquisas on-line. Depois de criares conteúdos de qualidade, utiliza todos os meios à tua disposição para partilhares e comunicares os mesmos. Sejam eles email, redes sociais, mensagens, etc. Não adianta criar conteúdo se não o comunicares.

Criar uma lista de emails

O Email marketing é uma das ferramentas de marketing que tem taxas de conversão mais altas. Digamos que ter a possibilidade de comunicar por email com o cliente é quase como ter uma auto-estrada de comunicação com ele, e hoje o email marketing ainda é um meio de comunicação muito pessoal, porque quase todos nós comunicamos e consultamos a informação mais importante através de email. Disponibiliza no teu site uma forma fácil de os visitantes poderem assinar a tua lista de email, criando uma oferta de valor, como por exemplo, um conteúdo exclusivo ou quem sabe um desconto para a primeira encomenda. Depois de teres uma lista de emails interessante, poderás criar uma newsletter com ofertas exclusivas para os assinantes, levando-os assim mais rapidamente a uma compra.

BÓNUS

Marketing de Afiliação

O marketing de afiliação consiste em pagarmos uma comissão a um anunciante por cada venda que ele faz de um produto nosso. Ou seja, é uma espécie de vendedor comissionista. Para acederes a esta ferramenta, terás de estabelecer parcerias com empresas que se dedicam à gestão de redes de afiliação e de afiliados. Empresas como Tradedoubler, Zanox ou Netaffiliation, dedicam-se a curar a base de dados de afiliados e a gerir campanhas de afiliação. Servem de intermediário entres as empresas que querem anunciar os seus produtos e os anunciantes. Existem diversos tipos de afiliados. Podem ser sites de notícias, sites de nicho, bloggers, etc. Como estes afiliados já têm uma audiência fiel, é muito mais fácil para eles convencerem os seus seguidores a comprar um produto. É exactamente desta vantagem que tiramos partido com o marketing de afiliação.

Estas dicas vão-te permitir obter as primeiras vendas. Se queres uma lista mais extensa de truques para vender mais na Internet, podes consultar aqui.