Ao fim de 30 anos de existência, o Multibanco afirma-se como o método de pagamento local mais utilizado pelos portugueses quer para utilização online, quer para utilização fora do ambiente web.

Apresentou-se ao mercado em 1985 desenvolvido pela SIBS, através dos Caixas Multibanco, sendo há época um meio de pagamento que trazia comodidade, inovação tecnológica e versatilidade na sua aplicação e mais tarde, com a evolução online e o aparecimento da venda à distância pela web, a necessidade de utilização de um meio de pagamento simples e cómodo era primordial. No entanto, as dificuldades de integração e o custo de aquisição desta infra-estrutura, era apenas acessível para as grandes empresas.

Já neste século e para quebrar com as barreiras tecnológicas, financeiras, psicológicas,  começaram a aparecer as Instituições de Pagamento, para tornar possível e acessível este método de pagamento às PME’s ou mesmo às Micro empresas ou aos ENI’s.

Como funciona a referência Multibanco?

A referência Multibanco é um método de pagamento local, exclusivo para Portugal. É composta por 9 dígitos, afectos a uma entidade, que identificam inequivocamente o pagamento sem que o titular da conta tenha que disponibilizar os seus dados bancários. Estes dados para pagamento podem ser disponibilizados quer no website, quer num e-mail, quer numa fatura, quer num orçamento, numa mensagem, entre outros canais adaptando-se a todo o tipo de negócios. Também no momento de pagar, este método é facilitador, através dos Caixas Multibanco, ou de um TPA (MB SPOT) podendo até o pagamento de Serviços e Compras ser realizado sem sair de casa, via Homebanking ou smartphone.

Para os comerciantes, as vantagens deste método são diversas, no entanto salientamos as mais importantes:

  • Identificação inequívoca da encomenda/fatura paga
  • Potencial de redução dos tempos de pagamento
  • Notificação imediata de que está pago
  • Permite expedir a mercadoria ou prestar o serviço com maior rapidez
  • Diminui o tempo de conciliação bancária

Esta diferença permite que o comprador sinta maior conforto e segurança aquando está a realizar a sua compra online e respectivo pagamento. Assim demonstram os dados:

Métodos de pagamento utilizados online

Independentemente se o negócio se realiza online ou offline, conclui-se que já não há razões para não disponibilizar aos seus clientes esta opção de pagamento.